Problema bastante comum entre as mulheres, a assimetria mamária pode gerar constrangimentos e até influenciar na autoestima feminina. Dependendo do caso, pode ser indicada a cirurgia para corrigir as desigualdades. Mesmo apresentando os primeiros sinais ainda na puberdade, é preciso esperar até a total formação dos seios, por volta dos 17 anos, para qualquer procedimento de correção. Um fator que pode dificultar a cirurgia são as alterações na parte óssea e muscular do tórax que podem provocar a assimetria. Por isso, a mamoplastia precisa ser avaliada de modo global, para que os resultados sejam os esperados.