O tempo pode nos deixar meio para baixo – literalmente. Com o avanço da idade e de certos eventos na vida, como a amamentação, os seios acabam perdendo a firmeza e a elasticidade. A flacidez na região acaba fazendo com que eles fiquem com uma aparência caída. E, desnecessário dizer, seios caídos mexem muito com a autoestima da mulher.

Mas, como de praxe, a estética vem ao resgate. Não é preciso conviver com seios caídos. Para essa situação, existe a mastopexia.

Normalmente chamada de lifting de mama, a mastopexia é o procedimento responsável por erguer e remodelar a forma dos seios, aproximando-os da sua forma original ou ao menos dando a eles uma aparência mais atraente e mais harmoniosa.

A cirurgia pode durar entre uma e quatro horas, dependendo das necessidades da paciente. Existe sempre uma preocupação, nesse tipo de procedimento, em relação às cicatrizes que ela deixa. Não é necessário. O bom cirurgião pensa nas incisões projetando o resultado final, e, no caso da mastopexia, não é diferente.

Nela, as incisões normalmente são feitas em torno das aréolas, estendendo-se em uma linha vertical inferiormente em direção à base da mama ou ainda num formato de T invertido. O cirurgião então reposiciona a aréola e modela a mama que apresenta flacidez, elevando-os até sua posição original.

A recuperação da cirurgia não é complexa. Nos primeiros dias, é recomendado não mover em excesso nem levantar demais os braços, para não prejudicar a cicatrização. Nas primeiras duas semanas, os pontos da cicatrização ainda são mais frágeis, por isso é recomendado evitar qualquer tipo de atividade física mais intensa. As possíveis dores que podem surgir são controladas com analgésicos simples e anti-inflamatórios.

Importante salientar que uma mama bonita é aquela que tem uma boa relação entre conteúdo (mama) e contingente (pele) adequada. Quando não se tem uma boa relação, provavelmente há indicação cirúrgica. Em alguns casos, os seios podem não ter sustentação o bastante para manter sua firmeza. Nesses casos, o cirurgião pode optar por, junto com a mastopexia, realizar um implante de silicone. Normalmente, é uma prótese mais comedida, com o único objetivo de dar forma e sustentação ao seio, e não necessariamente volume, como frequentemente é feito.

Eleve sua autoestima junto com seus seios! O Dr. Rodrigo Fuzaro é referência em procedimentos estéticos. Entre em contato e agende sua consulta para saber mais sobre a mastopexia.