A autoestima, saúde e aspectos estéticos são alguns dos motivos que influenciam as mulheres a procurarem procedimentos cirúrgicos para remodelar os seios, são as chamadas mamoplastias, um dos procedimentos cirúrgicos mais procurados em todo o país. As cirurgias para redução das mamas, por exemplo equivale a quase metade de todos os procedimentos estéticos nesse segmento, com um aumento maior de 100% em relação aos anos 90.

Dentro desse segmento, há vários tipos de técnicas e cada uma delas com uma determinada finalidade, seja para aumentar, diminuir ou até mesmo reconstruir, como após o câncer de mama. A intenção é sempre tornar a área mais harmoniosa em relação ao corpo como um todo, seja por alterações em tamanho, formato ou aparência.

Os principais tipos de cirurgia são:

Mamoplastia de aumento – Consiste em utilizar implantes para dar volume ou reestruturar o volume mamário perdido, após perda de peso ou gravidez. O implante das próteses pode ser colocado em cima do músculo ou embaixo e a incisão pode ser feita na parte inferior do seio ou na aréola, porém assim como a escolha do tamanho e formato das próteses, o local da incisão e onde a mesma vai ser posta internamente, é necessária uma avalição com um médico da área, responsável e profissional.

Mamoplastia redutora – Realizada com o intuito de diminuir o tamanho dos seios, para evitar desconfortos e até mesmo dores nas costas, além disso o excesso de tamanho também pode facilitar a queda e a flacidez precoce. A vantagem de realizar esse tipo de procedimento, além de contribuir com a melhora da saúde da mulher, deixa seu corpo mais harmonioso e previne futuros problemas na coluna. O procedimento é basicamente retirar o excesso de gordura e tecido glandular dos seios, para atingir o tamanho proporcional ao seu corpo.

Mastopexia: Funciona como um lifting no tecido das mamas, corrigindo problemas como quedas ou flacidez. Pode ou não ser combinada com a colocação de próteses de silicone, principalmente se a mama não tem volume o suficiente.

Cada procedimento cirúrgico é indicado de acordo com o problema e necessidade de cada mulher.

Agende uma consulta com o Dr. Rodrigo Fuzaro e tire todas as suas dúvidas sobre o assunto.